Aposentado é vítima do golpe do carro quebrado e falso parente

O interlocutor fingiu ser primo da vítima
Um aposentado de 75 anos foi vítima do golpe do “carro quebrado e falso parente”, na tarde de segunda-feira (09), em Catanduva.

Segundo a Polícia Civil, por volta das 16h30, a vítima compareceu na delegacia para informar que estava em sua residência, quando recebeu uma ligação telefônica de uma pessoa que se identificou como sendo o seu primo.

Na ocasião, o interlocutor afirmou que havia se envolvido em um acidente de trânsito e que precisava de uma ajuda financeira para arcar com os prejuízos causados no acidente. O golpista solicitou à vítima a quantia de R$ 3.900 e pediu para que o dinheiro fosse transferido para uma conta corrente em nome de outra pessoa.

Acreditando que estava falando com o seu primo, a vítima anotou os dados e foi até o caixa eletrônico de uma agência bancária, onde efetuou a transferência do dinheiro.

Minutos depois, a vítima ligou para o seu primo, o qual afirmou que desconhecia os fatos, dizendo ainda, que não havia telefonado solicitando a quantia. Ao perceber que havia caído em um golpe, o aposentado procurou o Plantão Policial.

Durante a elaboração do boletim de ocorrência foi apurado que a conta bancária do golpista pertencia a uma agência bancária localizada em Cuiabá/MT. O caso foi registrado como estelionato e será investigado.

A Polícia Civil orienta, para que as pessoas tomem o máximo de cuidado com pedidos de valores por ligação telefônica e que antes de realizarem qualquer depósito ou transferência, que entrem em contato com o suposto parente para verificarem a veracidade dos fatos.

Por Marcelo Ono

Foto: Divulgação

Compartilhe no Google Plus

    Blogger Comment
    Facebook Comment