Acusado de roubar dois estabelecimentos comerciais troca tiro com a polícia e acaba morto

O caso foi registrado no Plantão Policial 
O suspeito M.F.C., de 25 anos, acusado de assaltar dois estabelecimentos comerciais, morreu após trocar tiros com a Polícia Militar, na noite de sábado (09), em Catanduva.

Segundo o Plantão Policial, por volta das 20h40, policiais militares da equipe de Força Tática tomaram conhecimento da ocorrência de dois roubos simultâneos em estabelecimentos comerciais, na rua Quinze de Novembro no bairro São Francisco e o outro na rua Guido Girol no Bom Pastor, com diferença de 20 minutos entre eles.

Os policiais se deslocaram até os locais e no segundo estabelecimento comercial foram informados da autoria do roubo por uma das vítimas, sendo que o suspeito era conhecido nos meios policiais pela prática de tráfico de drogas, roubos e furtos. Imagens do sistema de monitoramento dos comércios gravaram a ação criminosa, sendo o autor reconhecido pelas equipes.

Em seguida, os policiais iniciaram buscas no sentido de prender o averiguado, e inicialmente foram até a casa da mãe do suspeito no bairro Residencial Anuar Pachá, onde ele não foi localizado. Em patrulhamento pelo bairro Bom Pastor, ao passar pela rua São Sebastião, os policiais avistaram o acusado, que ao perceber a aproximação da viatura, saiu correndo na posse de um revólver e entrou numa mata existente nas proximidades da rua Pindamonhangaba, onde se escondeu em um córrego.

Com a chegada de outra equipe, os policiais entraram na mata e foram surpreendidos por disparos feitos pelo acusado, sendo que de imediato os policiais revidaram os tiros. Após perceberem que haviam atingido o suspeito, os policiais retiraram o homem do córrego e o colocaram na margem.

No local foi apreendido um revólver calibre 32 municiado com dois cartuchos deflagrados e dois picotados, além da importância de R$ 221 que havia sido roubada dos estabelecimentos comerciais.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) compareceu no local para socorrer o averiguado que havia sido atingido por três disparos efetuados pelos policiais, sendo dois na região do tórax e um na perna esquerda, no entanto ele não suportou aos ferimentos e morreu a caminho do hospital.

Na delegacia, as vítimas reconheceram o acusado e a arma utilizada nos assaltos. Ainda foi apurado que uma segunda pessoa teria participado dos dois roubos, o qual estaria usando um veículo prata para a fuga. O caso foi registrado como roubo e homicídio e será investigado pela Polícia Civil.

Roubos

O primeiro assalto aconteceu por volta das 18h57, quando o acusado invadiu o estabelecimento comercial na rua Quinze de Novembro e mediante grave ameaça com arma de fogo roubou a quantia de R$ 240. Posteriormente, por volta das 19h15, o suspeito entrou no estabelecimento localizado na rua Guido Girol, e usando o mesmo “modus operandi” roubou a importância de R$ 660.

Por Marcelo Ono

Foto: Arquivo / Alta Tensão

Compartilhe no Google Plus

    Blogger Comment
    Facebook Comment