Motorista embriagado causa acidente e deixa motociclista ferida

O teste do etilômetro apontou o resultado de 1,35 mg/L de
ar alveolar expelido pelos pulmóes
Um homem de 41 anos foi preso, acusado de embriaguez ao volante e lesão corporal culposa na direção de veículo automotor, na tarde de terça-feira (27), em Catanduva.

Segundo o Plantão Policial, por volta das 13 horas, policiais militares foram acionados para comparecerem no cruzamento das ruas Santa Catarina com Capivari, para atenderem um acidente de trânsito com vítima.

No local, os policiais apuraram que o averiguado transitava com o veículo VW/Saveiro, verde, com placas de Guaíra/SP pela rua Capivari, quando no cruzamento com a rua Santa Catarina, não respeitou a sinalização de “Pare”, vindo a bater contra a motocicleta  Yamaha/YBR 125, prata, com placa de Catanduva, ocupada pela vítima de 26 anos, que trafegava pela rua Santa Catarina, no sentido bairro – centro.

Com o impacto da batida, a vítima sofreu ferimentos e foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), sendo levada para o pronto socorro do Hospital Padre Albino, onde permaneceu internada sob cuidados médicos.

Ainda durante o atendimento da ocorrência, os policiais observaram que o motorista do carro aparentava estar embriagado, exalando odor etílico, voz pastosa e andar cambaleante, sendo submetido ao teste do etilômetro, o qual apontou o resultado de 1,35 mg/L de ar alveolar expelido pelos pulmões. Também foi verificado que o motorista da Saveiro não é habilitado para dirigir veículo automotor.

No Plantão Policial, após ser verificado que o averiguado possui passagem criminal, o delegado Márcio Acácio Seguesse deixou de arbitrar fiança, autuando o motorista em flagrante pelos crimes de embriaguez ao volante e lesão corporal culposa na direção de veículo automotor. O acusado foi recolhido na cadeia, onde aguardará pelo posicionamento da Justiça.

Por Marcelo Ono

Foto: Divulgação / Ilustração
Compartilhe no Google Plus

    Blogger Comment
    Facebook Comment