Homem preso em Urupês "não" é funcionário do Circo

O caso foi registrado pela delegacia de Urupês
Um homem, que não teve a sua identidade revelada, foi preso acusado de estupro, na última segunda-feira (29), em Urupês. Diferente do que foi publicado anteriormente, o suspeito “NÃO” é funcionário do Circo, que está instalado na cidade.

Segundo a administração do Circo em nota, o homem, que é da cidade de Catanduva, procurou o circo dizendo que queria trabalhar.

Como de costume, a administração solicitou o antecedente criminal, onde constatou que ele era procurado pela Justiça do Paraná. A prisão do suspeito ocorreu na delegacia, não tendo o Circo nenhuma participação no fato.

Atualmente, o circo é um dos mais respeitados e conhecidos no país pela sua ética e profissionalismo, sendo a quinta geração da família.

O acusado foi preso e encaminhado para a cadeia de Novo Horizonte, onde posteriormente será transferido para a penitenciária.

Foto: Divulgação

Compartilhe no Google Plus

    Blogger Comment
    Facebook Comment