Moradora de Catanduva é investigada por furtar residência na Capital

As câmeras de monitoramento da casa gravaram o momento
que as malas e sacolas  eram colocadas no taxi
Uma mulher de 41 anos, moradora de Catanduva, está sendo investigada pelo furto ocorrido em uma residência, no bairro Santo Amaro, em São Paulo. O caso está sendo apurado pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Catanduva e pelo 11° Distrito Policial de Santo Amaro.

Segundo o boletim de ocorrência, a suspeita teria se passado por empregada doméstica e levado cerca de R$ 55 mil em joias, aparelhos eletrônicos, roupas, utensílios de cozinha e bolsas.

A averiguada estaria trabalhando no imóvel desde o mês de maio e a partir de junho, a moradora teria começado a perceber que alguns objetos haviam desaparecido, inclusive um par de brincos.

No dia 17 de novembro, a proprietária do imóvel teria percebido que caixas de som que ainda seriam instaladas na casa, também haviam sumido.

Posteriormente, ao verificar as imagens gravadas pelo sistema de monitoramento da residência, foi apurado que a doméstica carregou um taxi com várias malas e sacolas, e deixou o imóvel.

Catanduva

No dia 23 de novembro, depois de serem informadas sobre o furto ocorrido na Capital, equipes da DIG de Catanduva passaram a investigar o caso, sendo cumpridos mandados de busca e apreensão na residência da suspeita, localizada no bairro São Francisco.

Durante o trabalho da polícia no imóvel foram encontrados vários objetos pertencentes à moradora de São Paulo. Após a chegada da vítima em Catanduva, os objetos apreendidos na casa da suspeita foram reconhecidos.

A averiguada foi levada para a sede da DIG onde foi ouvida e autuada pelo crime de furto em residência, ficando a disposição da Justiça.

Por Marcelo Ono

Foto: Reprodução Vídeo / Arquivo Pessoal

Compartilhe no Google Plus

    Blogger Comment
    Facebook Comment