Quatro pessoas são presas por tráfico de entorpecentes

Os quatro acusados foram recolhidos na cadeia
Quatro homens suspeitos foram presos em flagrante, acusados de tráfico de entorpecentes, na noite de quinta-feira (16), em Catanduva.

Segundo os boletins de ocorrências, o primeiro caso aconteceu por volta das 17h15, quando a equipe da Guarda Civil Municipal abordou o suspeito U.F.S., de 22 anos e apreendeu 24 pinos de crack, 11 papelotes de maconha e a quantia de R$ 9,75.

Na ocasião, a equipe realizava patrulhamento pelo bairro Parque Glória V, quando ao passar pela rua Massapé esquina com a Itaberaba surpreendeu o suspeito entregando algo para um motoqueiro.

Ao notar a presença da viatura, o condutor da moto fugiu, mas o averiguado foi abordado. Com ele foi encontrada parte da droga e as demais em um cano de água.

Posteriormente, às 18h30, o acusado R.R.S.O., de 19 anos foi preso na posse de 26 pinos de crack, 10 papelotes de maconha e R$ 157.

A equipe Ronda Ostensiva com o Apoio de Motocicletas (ROCAM) da Polícia Militar patrulhava pelo bairro Jardim Eldorado, quando na esquina das ruas Presidente Venceslau com Promissão, avistaram o suspeito agachado em um terreno baldio.

Na abordagem, após os policiais apreenderam o dinheiro e as drogas, o rapaz confessou que estava vendendo entorpecentes.

O terceiro caso foi registrado às 20h30, quando policiais militares rodoviários da equipe Tático Ostensivo Rodoviário (TOR) abordaram os suspeitos W.G.C., de 31 anos e B.G.F., de 23 no km 218 da rodovia Comendador Pedro Monteleone (SP-351). Com os averiguados foram apreendidos 95 pinos de crack, cinco de cocaína e a quantia de R$ 45.

Os policiais realizavam patrulhamento, quando surpreenderam os suspeitos transitando em uma motocicleta. Na abordagem, o condutor da moto confessou que estava deixando a cidade de Catanduva com destino a Ibirá, onde residem e venderiam as drogas.

Os quatro acusados foram apresentados no Plantão Policial de Catanduva, onde foram autuados em flagrante pelo crime de tráfico de entorpecentes. No último caso, além de tráfico os suspeitos responderam também por associação ao tráfico.

Por Marcelo Ono

Foto: Arquivo / Alta Tensão

Compartilhe no Google Plus

    Blogger Comment
    Facebook Comment