Adolescente baleado na cabeça morre e família doa órgãos

A captação de órgãos da vítima aconteceu no sábado (07),
no Hospital Padre Albino
O adolescente de 15 anos, baleado na cabeça e internado na Unidade de Urgência e Emergência do Hospital Padre Albino desde a quinta-feira (05), não resistiu aos ferimentos e morreu na noite de sexta-feira (06), em Catanduva.

Segundo o Plantão Policial, na manhã de sábado (07), uma funcionária do hospital entrou em contato com os policiais civis para informar que o adolescente faleceu às 22h50 desta sexta-feira.

Por outro lado, o setor de comunicação do hospital informou por meio de nota, que no dia (06) foi constatada a morte encefálica do paciente. Após o consentimento dos familiares, o hospital iniciou o protocolo para a doação de órgãos e tecidos, sendo a captação realizada na manhã deste sábado, dia (07).

“A manutenção do doador e a captação dos órgãos mobilizaram médicos e enfermeiros da Fundação Padre Albino e uma equipe de saúde de São José do Rio Preto do Hospital de Base. A doação incluiu rim e córneas. Os órgãos foram encaminhados para a realização dos transplantes, de acordo com a fila única de espera, regulada pela Central de Notificação, Captação e Distribuição de Órgãos (CNCDO do Estado de São Paulo)”, informa a nota.

Ainda segundo o setor, a comissão Intra-hospitalar de transplantes dos hospitais “Emílio Carlos” e “Padre Albino”, mantidos pela Fundação Padre Albino, atua constantemente para detectar possíveis doadores, pessoas com diagnóstico de morte encefálica para a doação de múltiplos órgãos ou com o diagnóstico de morte para a doação de córnea, conforme a resolução do Conselho Federal de Medicina.

Relembre o Caso

Segundo o boletim de ocorrência, na madrugada de quinta-feira (05), por volta das 5h30, policiais militares foram chamados para atender inicialmente um caso de queda acidental de motocicleta na rua Guido Girol, no bairro Solo Sagrado.

No local, os policiais não encontraram qualquer sinal da vítima ou do veículo envolvido no acidente. Na ocasião, moradores informaram que o adolescente teria sido socorrido pela Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros e levado para o pronto socorro do hospital.

Posteriormente, por volta das 6h45, uma funcionária do hospital entrou em contato com a Polícia Militar para informar que o adolescente, a princípio vítima de queda de motocicleta, estava com um projétil de arma de fogo alojado na cabeça.

As pessoas que tiverem informações sobre o caso podem denunciar pelo whatsapp da Delegacia de Investigações Gerais (DIG): 17 99789-3747. Sigilo absoluto.

Por Marcelo Ono

Foto: Divulgação

Compartilhe no Google Plus

    Blogger Comment
    Facebook Comment