Padaria, lanchonete e pedestre são alvo de assaltantes

Polícia Militar faz patrulhamento com vistas aos
suspeitos de roubos
A onda de assaltos continua apavorando moradores e comerciantes de Catanduva. Outros três casos registrados nos últimos dias foram apresentados no Plantão Policial.

Segundo os boletins de ocorrências, o caso mais recente aconteceu na tarde de quarta-feira (28), quando dois homens entraram na padaria localizada na rua Terra Nova esquina com a rua Pitangueiras, no bairro Parque Glória e anunciaram o assalto.

A funcionária N.O. ao perceber a ação criminosa correu para os fundos do estabelecimento comercial e só saiu do local após alguns instantes, quando os bandidos deixaram a padaria. Antes de fugir, os suspeitos roubaram a quantia de aproximadamente R$ 60 que estavam no caixa.

Na noite de terça-feira (27), dois homens estacionaram uma motocicleta, de cor verde, ao lado de uma lanchonete localizada na rua Quinze de Novembro, no bairro Conjunto Euclides. O passageiro da moto, armado com revólver entrou no estabelecimento comercial e anunciou o roubo.

Depois de roubar cerca de R$ 90 que estavam no caixa os bandidos fugiram no sentido do bairro Bom Pastor, mas antes ameaçaram a funcionária da lanchonete e alguns clientes que estavam no local.

Na tarde de segunda-feira (26), a vítima J.P.S.F., de 27 anos caminhava pela rua Quinze de Novembro, quando um homem se aproximou e inicialmente pediu para a vítima emprestar o telefone celular, para fazer uma ligação urgente.

A vítima se recusou, mas após muita insistência do suspeito, o rapaz entregou o celular para o desconhecido que ficou por mais de 10 minutos usando o aparelho. Quando a vítima pediu para que o homem devolvesse o celular, foi agredida com um golpe no rosto.

Com o impacto da agressão o rapaz caiu no chão e novamente foi agredido com golpes na cabeça. O acusado fugiu sem levar o aparelho celular e a vítima foi socorrida e levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para ser medicada.

A Polícia Militar realiza patrulhamentos com vistas aos assaltantes, mas até o momento nenhum suspeito foi preso. Os casos foram registrados como roubo e tentativa de roubo e serão investigados pela Polícia Civil.

Por Marcelo Ono

Foto: Arquivo / Alta Tensão




Compartilhe no Google Plus

    Blogger Comment
    Facebook Comment